9 de jun de 2010

EUCARISTIA


Meditando em Lc.22, onde Jesus celebra a sua última ceia com seus discípulos, observo suas palavras nos versos 17 e 19. Jesus pegando o cálice de vinho e o pão, agradece a Deus. .

A palavra grega, traduzida como "dar graças" é eucaristia.

No dicionário, eucaristia significa um dos sete sacramentos do catolicismo romano no qual, Jesus Cristo se acha presente, sob a aparência do pão e do vinho, com seu corpo, sangue, alma e divindade. Esta palavra também significa "ação de graças" e, é claro, eu fico com a segunda definição.

Pregando na ceia do primeiro domingo de Junho, falei sobre a "verdadeira eucaristia". Lembrei os irmãos do feriado último "Corpus Christis" (Corpo de Cristo) e falei que a ação de graças verdadeira precisa ser acompanhada da aliança.Jesus, ao dar graças (eucaristia) fala da nova aliança que Deus faz conosco pelo sangue de Cristo, representado pelo vinho.

Dar graças sem aliança, comprometimento, envolvimento com o Pai celeste é pura hipocrisia.

Dar graças sem ter Jesus como Senhor e Salvador é inócua, estéril.

Dar graças sem arrependimento sincero é rejeitar o sangue de Jesus.

A verdadeira eucaristia deve ser praticada diariamente através de uma vida pontuada pela obediência e temor do Senhor.

No site Iluminalma.com tem uma meditação parecida com a minha que mostra a verdadeira eucaristia.

Lá, o autor enfatiza a atitude de Jesus de "agradecer" pelo sofrimento que teria logo depois da ceia.

Agradecer pelo que iria sofrer. É demais não acha? Que exemplo.

este é o meu Jesus!


Paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário