29 de jun de 2011

LÁGRIMAS ENXUGADAS



Em média, uma pessoa derrama 24,2 litros de lágrimas em 70 anos de vida.
Para onde vão todas estas lágrimas?
Quantas vezes você achou que chorou em vão?
Quantas lágrimas foram derramadas por motivos injustos, justos; de alegria, de tristeza?
Ap. 21.4 diz: “E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.”
O melhor ainda está por vir! O Santo dos Santos está à nossa frente. O Senhor preparou uma bem-aventurança (felicidade) inimaginável para aqueles que O amam.
Essa bem-aventurança não pode ser descrita, pois: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (1 Co. 2.9)
Nosso conhecimento daquilo que Deus tem preparado para nós, que O amamos, é imperfeito. Mas pela revelação do Espírito Santo, será que não conseguimos imaginar uma boa parte daquilo que nos espera?
Por exemplo, um motivo profundo para não chorarmos no céu é que: lá não haverá mais temor de insegurança, mudança, modificação e troca; antes pelo contrário, lá você saberá que está eternamente abrigado nEle.
O pecado estará excluído e você estará cercado pela presença de Deus. Você habitará numa cidade que nunca mais poderá ser destruída. Você se deliciará num rio que nunca seca e colherá frutos de uma árvore que nunca perde suas folhas! (Ap. 22).
Todas as coisas temporais se desfazem, e a eternidade permanece sem fim. E enquanto durar a eternidade, lá no alto também perdurará a sua imortalidade e a sua salvação. Então você estará para sempre com o Senhor.
Um futuro indizivelmente glorioso, cheio de delícias espera pelos santificados. Por isso, firme-se ainda mais nAquele que você não vê, mas no qual você crê. Firme-se nAquele que alegrará seu coração como nunca antes quando você O vir assim como Ele é!
Olha o que diz Is.65: 17-19Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão. Mas vós folgareis e exultareis perpetuamente no que eu crio; porque eis que crio para Jerusalém uma alegria, e para o seu povo gozo. E exultarei em Jerusalém, e me alegrarei no meu povo; e nunca mais se ouvirá nela voz de choro nem voz de clamor”.
Uma promessa maravilhosa! Você, filho de Deus, lá no alto não chorará mais, pois ali todo motivo para tristeza não existirá mais. No céu não haverá mais amizade rompida nem esperança frustrada. Enfermidades físicas e mentais, mal-entendidos, perigos e morte serão totalmente desconhecidos ali. Você pode ter certeza: no céu nenhum sofrimento o afligirá, nenhum pensamento de morte e nenhum prejuízo o oprimirá.
Deus mesmo enxugará todas as lágrimas derramadas aqui na terra. Também, por isso, no céu você não chorará mais, porque todos os seus profundos anseios e desejos estarão satisfeitos. O “coração mau e incrédulo” será então substituído por um novo coração. Você estará diante do trono de Deus, sem defeito e sem mácula, e terá se tornado perfeitamente igual à semelhança de Seu Filho. Por isso, querido leitor, anime-se, pois: Deus já declarou em Apocalipse que os glorificados não choram mais, pois todo motivo para tristeza foi abolido. Nenhum sofrimento nos entristece e nem recordações da morte ou qualquer prejuízo nos deixam aborrecidos ou magoados. Lá não se chorará mais, pois nossa santificação estará concluída. Os comprados pelo sangue do Cordeiro nunca mais serão afastados da presença do Deus vivo através de “corações maus e incrédulos”. Lá estaremos diante do Seu trono e teremos nos tornado na semelhança do Seu Filho. Lá deixarão de se afligir aqueles que, já aqui na terra, se afastaram do pecado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário